Dr Rogério Vidal falou sobre dores articulares em entrevista para a revista Viva Saúde

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Formas de fugir da Dor Articular!

Algumas atitudes do dia a dia contribuem para diminuir o desconforto e o inchaço no joelho, no ombro e em várias outras juntas, que podem até mesmo comprometer a capacidade de locomoção.

Articulação é o nome dado a todas as partes do corpo em que dois ou mais ossos se encontram, permitindo assim os movimentos. Infelizmente, ter dor, desconforto, inflamação, sensação de queimação, ou rigidez nesses locais é algo bastante comum e que atrapalha a vida de milhões de pessoas em todo mundo.

As causas variam bastante, já que há diversas doenças associadas ao problema. O envelhecimento da população, por exemplo, favorece o aparecimento das chamadas doenças degenerativas, causando o desgaste natural da cartilagem que reveste as articulações. Surge assim a artrose. Já a artrite reumatóide é uma inflamação nas articulações que pode acarretar importantes sequelas físicas, caso não seja precocemente diagnosticada e tratada. Ela provoca dor, inchaço e calor e costuma atingir inicialmente mãos, punhos, joelhos e cotovelos.

INCHAÇO É UM DOS SINAIS

De acordo com Blanca Bica, reumatologista e membro da sociedade de reumatologia do Rio de Janeiro, o inchaço articular é um importante sinal que deve ser avaliado por um especialista, pois pode significar desde uma condição traumática até doenças graves. “Outros sintomas que devem servir de alerta para que o paciente busque atenção médica são: Febre sem causa aparente, emagrecimento, alterações na pele, cansaço e dores crônicas”, enumera a especialista.

Há mais de 100 doenças que causam dores nas articulações. E, mesmo sendo mais comum em idosos, os jovens também podem enfrentar o problema. Entre as patologias mais frequentes estão a gota, que atinge as articulações quando a taxa de ácido úrico no sangue está alta, e o lúpus, doença autoimune que ocorre quando o sistema imunológico destrói tecidos saudáveis do corpo.

“As dores articulares podem ser prevenidas com mudanças de comportamento que ajudam a diminuir a velocidade do desgaste articular”, destaca Rogério Vidal de Lima, ortopedista e membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

JÁ VAI EMBORA?

Assine nossa news para ficar informado sobre nossas novidades.

Open chat