Dores musculares no inverno: as baixas temperaturas podem aumentar as dores lombares e nos músculos

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você certamente já ouviu alguém reclamar que nos dias mais frios sente dor em alguma parte do corpo. Mas, isso de fato tem alguma explicação lógica e real? O ortopedista e traumatologista Rogério Vidal, especialista em coluna, afirma que sim.

“No inverno costumamos contrair mais nossos músculos. É um comportamento natural e um movimento, às vezes, involuntário que fazemos quando nos deparamos com temperaturas mais baixas. É aquela encolhidinha de ombros, por exemplo, quando saímos de um ambiente fechado e está muito frio”, esclarece Vidal.

O especialista explica que assumimos uma postura de contração dos músculos, dos braços e aumentamos a curvatura fisiológica da coluna dorsal (corcunda), para mantermos o calor do corpo. “O frio provoca uma natural contração muscular, deixa músculos e articulações mais rígidas e isso facilita as inflamações dos nervos. A circulação também diminui para que o organismo possa preservar a temperatura por volta de 36,5 graus e isso diminui a produção de líquido sinovial levando ao enrijecimento articular e a dor”, afirma o ortopedista.

O problema é ainda pior quando os pacientes que têm um histórico de problemas ortopédicos crônicos. São comuns o agravamento de artrites, artroses, dores articulares e um aumento na frequência das lombalgias, dores na parte inferior das costas. “No caso da lombalgia, ela ocorre porque o frio provoca a contração muscular e possibilita a neurite que é a inflamação dos nervos”, informa o doutor Rogério.​

JÁ VAI EMBORA?

Assine nossa news para ficar informado sobre nossas novidades.

Open chat